Em entrevista à TV Cultura, Dr. Sérgio Schalka comenta sobre o uso de protetores solares e novo aplicativo

Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) constatou que apenas uma em cada quatro pessoas usa com frequência o protetor solar e, mesmo assim, não da forma ideal. Em uma entrevista para o jornal da TV Cultura, o coordenador do Consenso Brasileiro de Fotoproteção, doutor Sérgio Schalka, explicou que para proteger a pele dos raios nocivos do sol é preciso aplicar o equivalente a uma xícara de café de protetor em todo o corpo.

“Os protetores solares modernos são muito bem balanceados entre proteção UVB e UVA, então, é claro que a gente não recomenda que as pessoas exagerem na exposição ao sol porque estão com protetor na pele, mas todas as publicações científicas garantem que ele diminui o risco de câncer de pele”, afirma o médico.

Além disso, durante a entrevista, o doutor Schalka também explicou sobre como a tecnologia se tornou uma aliada na tarefa de proteger a pele do sol: no próximo ano será lançado um aplicativo que oferecerá informações personalizadas de cuidados com a pele aos pacientes.

Para saber mais, assista à entrevista abaixo:

Compartilhe :